Aula de 15/05/1990 – O universo kantiano é um obstáculo à metafísica tradicional

Temas abordados nesta aula são aprofundados no capítulo 19 (Leibniz II) do livro “Gilles Deleuze: A Grande Aventura do Pensamento”, de Claudio Ulpiano.

Para pedir o livro, clique aqui.

 

Eu vou bem devagar, porque é uma aula muito mais didática que outra coisa qualquer, viu?

Inclusive eu vou ver se eu consigo fazer uma interveniência com um texto que eu escrevi. Se não der com o texto, não faz mal. Mas eu vou ver se consigo, no meio da aula, colocar esse texto, que é um texto sobre Kierkegaard, né?! Mas a aula não visa o Kierkegaard, inicialmente.

Então é uma aula muito didática, tá? Muito didática.

Duas questões: de um lado Platão e de outro lado Kant.

O kant estabelece que só há conhecimento humano, que o homem só tem conhecimento, daquilo que ele experimenta. Então conhecimento para Kant pressupõe a experimentação. O que ele chama de experimentação é a prática da sensibilidade e a prática da intuição. Então o sujeito humano teria uma prática experimental e essa prática experimental é feita pela sensibilidade e por aquilo que o Kant chama de intuição e o entendimento pegaria essa matéria da intuição e constituiria o conhecimento humano. Então todo o conhecimento humano seria à partir do campo experimental. Seria a partir da intuição. E o conhecimento se daria nisso que a intuição e a sensibilidade apreendeu.

Com essa posição kantiana, e é isso que eu quero que vocês entendam, há uma nítida oposição com a prática platônica. Porque para Platão, a razão pode entrar em contato com determinadas e tais ideias diretamente, sem a intervenção ou a mediação da experiência. O Kant colocando dessa maneira significa que não pode haver para o Kant metafísica tradicional. Porque a metafísica tradicional é a relação da razão com as ideias. Como pro Kant é necessário haver primeiro a prática experimental, todo conhecimento para Kant deriva da experiência, se origina na experiência. O entendimento vai ultrapassar isso. Mas tudo vem da experiência. E isso é uma crítica que ele está fazendo na velha metafísica. A velha metafísica, que é a metafísica platônica.

Eu vou retomar isso até vocês entenderem, até vocês entenderem isso perfeitamente.

A metafísica clássica, que é a metafísica platônica, é o contato direto  -pela prática da contemplação, que a razão faz com as ideias. Então a razão para Platão, ela pode conhecer as ideias diretamente e, conhecendo as ideias diretamente, a razão está fazendo – o conhecimento humano está fazendo-  uma metafísica. No Kant isso não é possível. Não é possível porque em Kant todo o nosso conhecimento parte, tem como pressuposto, a experiência. Então, partindo da experiência, o que o conhecimento faz é conhecer o campo experimental. E no Platão não, a razão vai conhecer as ideias diretamente.

Então nós podemos dizer que Platão faz uma metafísica e o Kant impede a metafísica. Ele obstaculiza a metafísica. Vocês entenderam bem? Ele faz um obstáculo à metafísica, porque a razão -o conhecimento- para Kant não é capaz de conhecer nada em si mesmo. O conhecimento para Kant só conhece o fenômeno: aquilo que é a partir do campo experimental.

Continua…

Na Parte 1 da aula, dos 19:20 minutos até o final, a voz de Claudio está alterada, reproduzida numa velocidade maior.

 

Na Parte 2, a gravação volta ao normal.

 

  1. A parte 1 dessa aula está num arquivo de apenas 5 segundos.
    Vocês têm a primeira parte dessa aula?

    Responder

  2. caros,

    por favor, desconsiderem meu comentário anterior… já aprendi a mexer nesse troço aí e já consegui fazer o download do arquivo corretamente.
    e parabéns pela iniciativa do centro…

    abraço

    Responder

  3. Aparecido Lino do Prado 23 de maio de 2011 at 09:06

    Parabéns a todos que estão no trabalho de reprodução das aulas, esta foi a 1ª aula que assisti e estou admirado e contente pela clareza e domínio do pensamento filosófico do prof. cláudio.

    Responder

  4. Olá Silvia,

    Aparentemente não há problemas com a segunda parte desta aula. A gravação tem ruídos e começa com um pequeno intervalo sem fala, mas funciona normalmente. Será um problema de conexão?

    Editoria.

    Responder

  5. Por favor, não sei como salvar essas aulas no meu pc. Você pode me ajudar? Agradeço muito.

    Responder

    1. Olá, Rosângela
      Para salvar as aulas no seu PC, faça o download delas. Espere primeiro a aula carregar toda, depois clique com o mouse direito no título da aula (por ex. O universo kantiano: Parte 1); vai aparecer “salvar link como”; você clica aí, e depois é só salvar numa pasta da sua escolha, no seu computador. Vai aparecer uma pasta automaticamente, mas você pode escolher uma outra que já tiver.
      Tente; se não conseguir, escreva-nos. Um abraço, Os Editores

      Responder

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: