Aula de 17/06/92 – Lucrécio e os Falsos Infinitos

Provavelmente, o que está sendo dito aqui é que se esses fantasmas de terceira espécie forem tomados como o motivo do pensamento, vai nascer a religião. Se nós os tomarmos como elementos que podem nos dar prazer, provavelmente vai nascer a arte. Provavelmente será isso: fazer a mutação desses fantasmas do campo da religião para as artes.

 

Parte 1:

 

Parte 2:

 

Parte 3:

 

Parte 4:

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: