Manuscrito 6 – Fazer de uma mulher un violoncelle

“Fazer de uma mulher un violoncelle, colocando-a entre as pernas, sem olhá-la, tocando com os joelhos – o duro e o macio: os acordes serão táteis. Fazer do corpo de uma mulher o que é ela em essência, no corpo, no som, no grave, un violoncelle. É uma vontade espiritual de fazer a vontade da mulher ser um sonho musical – vontades espirituais como em The Fox de D. H. Lawrence e como em Worringer. Dobrar uma vontade, não para destruir um ser, como é o caso da caça – mas para fazer este ser deparar-se com sua própria essência: sua beleza, que este ser não sabe conter em suas obscuridades cotidianas. A mulher se esconde para poder viver.”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: